.

.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Comprimento Midi -


imagem do google*


SÃO PAULO - Nem longo, nem curto. O comprimento midi veio como uma tendência e ganhou força com os desfiles internacionais do inverno 2011 da grifes Prada, Louis Vuitton, Chloé, Céline, Oscar de La Renta e Yves Saint Laurent. E claro que já fez a cabeça das famosas mais fashionistas.

Confira a seguir se as celebridades acertaram ou erraram nas suas escolhas. E se você tinha dúvidas sobre como usar o comprimento midi, fique despreocupada. Anote as dicas de Juliana Ariza para não fazer feio por aí e abuse da nova tendência da moda.


Siga Juliana Ariza no Twitter: http://twitter.com/juariza




Rodrigo dos Anjos/AgNews

Rodrigo dos Anjos/AgNews


Adriana Birolli – “Transparência e comprimento midi são tendências cada vez mais vistas. Mas aqui neste look, essas tendências não combinaram. O corpo termina na cintura, por isso, a saia lápis deveria acabar acima do joelho para combinar e não achatar. Como Adriana não tem um corpo alto e magro, como o de uma modelo, além de achatada, esse comprimento destacou muito seus tornozelos, fazendo com que eles pareçam gordinhos. Esse sapato e essa carteira de mão também não agregam nada de fashion na produção. Só se salvou o novo corte de cabelo: enrolado e com franja”.





Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades


Kirsten Dunst – “Kirsten Dunst, com esse comprimento midi, ficou com a silhueta achatada. O vestido é maravilhoso e também mistura duas tendências: as estampas florais e as listras bordadas. Mas a barra deveria ser um pouco mais curta ou no ossinho do tornozelo. O sapato nunca poderia ter essa tira, que só fez achatara ainda mais. Afinal, o vestido já está no comprimento errado. Um sapato nude ou preto mesmo, só que mais aberto na frente e sem marcar o tornozelo, ficaria muito melhor. O cabelo está incrível, parece que ela lavou e deixou secar sozinho”.





Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades


Madonna – “Madonna está super comportada com esse look neofreira. Esse comprimento midi, além de estar na altura certa para ela, também é adequado para a idade que ela tem. A plataforma, mesmo tendo as tiras no tornozelo, não achatou poque a altura do vestido está correta. Além disso, combinou muito com o modelo do vestido. Já o cabelo dela está amarelado demais e, infelizmente, ela deu uma acelerada na quantidade de botox no rosto. Desse jeito, daqui a pouco sua fisionomia nem vai parecer mais a Madonna que estamos acostumados”.





Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades


Blake Lively – “Blake Lively ensinando como ficar linda de comprimento midi. Esse é um bom modelo para se jogar nos midis, pois o vestido Chanel brilhante tem o barrado num tecido mais fino, tipo um tule, e dá a impressão de que acaba logo após o joelho. Mas se você não for alta como ela, use um sapato sem marcar o tornozelo. Reparem como o bracelete e o anel de dedinho combinaram tanto com o vestido e não brigam com ele, mesmo sendo brilhante! Arrasou, como sempre!”





Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades


Diane Kruger – “Diane Kruger está perfeita nessa produção! Temos um vestido midi mais tradicional, acabando logo abaixo do joelho. As mangas floridas dão suavidade e vida ao look e a sandália preta, de tiras transpassadas, foi uma ótima escolha porque ficou bem proporcional nela. Esse sim é um cabelo loiro comprido, estiloso e fashion”.





Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades


Keira Knightley – “Keira Knightley incorpora duas tendências nesse visual: o mix de estampas e o comprimento midi, que deixou a produção moderna e sofisticada. Como o vestido já tem um turbilhão de informações, ela optou por um sapato nude, que é neutro e deixa sua silhueta ainda mais alongada. Já o cabelo, com corte chanel e as pontas maiores na frente, vou confessar que não aguento mais ver. Deixou o rosto dela muito quadrado”.





AgNews

AgNews


Adriane Galisteu – “Eu gostaria de ser stylist da Galisteu um mês porque ela não dá uma dentro. Como ela é alta, o comprimento midi sempre vai ficar bom, no entanto, tem que ter muito cuidado com esse estilo porque ainda não é o melhor comprimento para ela. Isso porque deu uma bela achatada na silhueta. Para alongar, deveria ser um palmo mais para baixo para esconder a batata da perna. O decote, além de não ornar com modelitos midi, deveria estar mais amarrado mostrando menos o busto e sem chegar com as tiras até o pescoço, tipo uma bata mesmo. Isso aliviaria o busto e alongaria também. O sapatinho bicolor dá uma cara mais tranquila ao look total black, que é pesado para o dia. Por apresentar um programa de moda, ela deveria usar um corte de cabelo mais moderninho do que esse. Resumo da ópera: o vestido não favoreceu, aumentou o busto, achatou e engordou”.




Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades

Olivia Wilde – “Vestidos vermelhos que saem dos modelos clássicos como os de Valentino têm que tomar cuidado senão fica com cara de diabinha em festa à fantasia. E é o caso deste aqui. Ainda mais com essa ombreira pontuda. E se o vestido é vermelho, o sapato nunca poderia ser. Um preto ficaria mais adequado e menos chamativo. Olivia Wilde também errou no comprimento do seu midi, que deveria acabar uns dois dedos acima para alongar as pernas. Desta forma aí, achatou e engordou. Look monocromático é uma tendência que quando bem usada e na cor certa para sua pele, valoriza a mulher”.






Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades

Mischa Barton – “Uau, Mischa Barton arrasou no look preto e branco! Esse vestido midi branco, além de ser num tecido bordado lindo, ainda tem essas franjas no barrado. Simplesmente um luxo! De novo, vemos o truque da transparência no midi. Isso dá a impressão de que o vestido acaba no joelho e ajuda a alongar as baixinhas que querem estar na moda do midi. A faixa preta com laço na cintura dá mais elegância para a produção. Já o sapato, poderia ser sem essa flor na ponta. Daria a impressão de que Misha é mais alta. Esse tom de loiro com a raiz mais escura é muito chique e moderno”.






Arquivo Famosidades

Arquivo Famosidades

Alexa Chung – “Alexa Chung é um ícone de estilo e esse visual funcionou muito bem para ela, que é bem alta e muito magra. Agora, se você não é uma modelo queridinha como Alexa e não tiver esse corpinho, não use comprimento midi com volume porque vai achatar e engordar”.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Chapéus -

Helen De Rose


Os chapéus vão ser acessórios da moda verão-11/12. As brasileiras estão mais acostumadas a usar chapéu quando vão a praia. Cada vez mais, encontraremos mulheres usando chapéu nas ruas das cidades. Além de ser um charmoso acessório, o chapéu protege contra o sol intenso do verão.



Existem vários modelos femininos para todos os gostos e estilos, com abas maiores ou menores, para deixar qualquer mulher com um visual bem moderno e elegante. Eles podem ser combinados com vestidos, calças e bermudas e completados com bolsas, sandálias, chinelos e enfeites, colaborando para um visual despojado.



Algumas dicas de como usá-los:

- Rosto Quadrado: chapéu de copa mais alta e abas largas.

- Rosto Redondo: chapéu de copa média e abas condizentes.

- Rosto Alongado: chapéu de copa média e baixa e abas médias e pequenas.

- Rosto Triangular: chapéu de copa e aba menores .

- Rosto Oval: todos os tipos de chapéus desde que tenham copas e abas proporcionais ao tamanho do rosto.


Como usar o chapéu:

- Mulheres mais cheinhas devem dar preferência aos chapéus de abas largas.

- Escolha a cor de sua preferência, se não quiser chamar a atenção invista em um modelo que tenha uma cor próxima ao seu tom de cabelo ou aposte em tons neutros. Cores mais claras tendem a fazer com que você pareça mais alta.

- Certifique-se que você está usando o tamanho certo, se o acessório cai na sua orelha peça um número menor. Evite também usar abas maiores que o tamanho do seu ombro.

- Modelos sem abas, como boinas e bonés ficam melhores em mulheres com cabelos longos e soltos. Já os modelos com abas ficam melhores em cabelos curtos, médios ou presos.



Adicionar legenda


- Se quiser usar o cabelo preso, aposte em um coque ou um rabo de cavalo baixo.

- Quanto aos acessórios, mantenha-se no básico para eles não entrarem em conflito. Se você estiver usando um chapéu grande, evite usar brincos grandes também.

- Tá em dúvida quanto ao modelo? Pois saiba que o Panamá fica bem em todo tipo de rosto.

- Para um look mais feminino e elegante aposte em chapéu de aba larga.



"Podem ser esportes ou habillé. Seus feitos variam de acordo com a moda e sua confecção, deve atender ao tipo físico do rosto e estatura. Abas largas só para mulheres altas. Tocado no alto aumenta a estatura, mas deve haver proporção. Chapéus enfeitados com flores, de palha são para o verão e a primavera. Chapéus de véu, tecidos habillé e fitas, é indicado para viagens internacionais, casamentos pela manhã, missas de formaturas e jóquei. Usa-se o mesmo estilo para casamentos formais, missas à tarde, formatura, mas em tecido "habillé". Não usa chapéu em jantares, mas permanece com ele em recepções após um casamento."

Por Maria Cândida Gonzaga Chedid






Entrevista:

O designer irlandês Philip Treacy, o chapeleiro de luxo oficial da família real britânica e das bem nascidas do Reino Unido, cria peças que chegam a custar em média 5 mil libras (aproximadamente R$ 15 mil). Ele fez mais de 30 modelos especialmente para as convidadas do casamento de Kate Middleton com o Príncipe William, em abril deste ano, em Londres. Em entrevista exclusiva ao iG Moda, o chapeleiro dá dicas de como usar chapéu, peça tão versátil e elegante.

iG Moda: É melhor comprar o chapéu antes ou depois de comprar uma peça específica para um evento, como um casamento?
Philip Treacy: É sempre bom ver antes o look, pois assim fica mais fácil decidir qual chapéu combina melhor.

iG Moda: Como saber qual é o chapéu mais adequado?
Philip Treacy: O estilo do chapéu perfeito vai depender do formato do rosto de quem o está usando, da cor da pele e da altura da pessoa. Em rosto oval, quase todos os tipos de chapéu ficam bem. Abas largas são as melhores, mas se a pessoa for muito baixa é melhor comprar um chapéu de aba mais estreita. Para rosto quadrado, a dica é usar chapéus altos ou modelos de abas assimétricas. Também vão bem as abas circulares. Em rosto redondo, abas amplas ou angulares com a coroa larga vão diminuir as proporções do rosto. Em rosto retangular, abas grossas suavizam o formato do rosto e levanta o olhar, neste caso.

iG Moda: E quanto à altura das pessoas?
Philip Treacy: Uma mulher pequena, por exemplo, pode optar por chapéu de aba estreita e coroa alta. Já uma mulher alta têm mais opções, mas deve tomar cuidado para não escolher modelos de coroa muito pequena, pois ficam desproporcionais. Há quem diga que a aba não deve ultrapassar o comprimento dos ombros, mas eu particularmente não concordo. Cabe à pessoa se olhar no espelho e, se achar que está bem, ir em frente.

iG Moda: E quanto à cor da pele?Philip Treacy: O importante é que a cor do chapéu favoreça a cor da pele. Pessoas mais pálidas necessitam dar um "calor", ficando muito bem de chapéu bordô, por exemplo. Pessoas morenas podem abusar das cores quentes e frias.

iG Moda: Alguma outra regra?
Philip Treacy: O mais importante é que a pessoa se sinta bem e feliz com o chapéu. Se você comprou uma peça e ao experimentá-la soltou um sorriso diante do espelho, então está bom. Mostra confiança na escolha e isso já é mais que meio caminho andado para o sucesso do look.




terça-feira, 13 de setembro de 2011

Saias Longas - Verão

imagem do google*


Por JULIANA ARIZA, estilista e colunista do FAMOSIDADES

SÃO PAULO - As saias longas invadiram o guarda-roupa das famosas e são promessa de tendência do próximo verão! Dá para usar a peça com cinto, saltão, sapatilha, bota e muito mais!

Quer saber como combinar o look com as saias longas? Inspire-se no visual de Mary-Kate Olsen, Ashley Tisdale e Grazi Massafera e outras estrelas! Confira as dicas nas páginas a seguir!

Siga Juliana Ariza no Twitter: http://twitter.com/juariza



Arquivo Famosidades

Ashley Tisdale: "Começamos bem! Saias longas voltaram à moda e no próximo verão será um dos hits da estação. Aqui temos uma saia longa florida, que combinada com a bata branca, criou um look meio camponesa, uma graça por sinal. No pé, rasteirinha, que além de ser super confortável, não tem como errar. Ponto pra ela também na escolha dos acessórios. Colar comprido e várias pulseiras para dar um ar meio hippie ao visual. Super descolada essa Ashley! Olha esse cabelo que lindo! Além da maquiagem que está super harmoniosa. Look perfeito e digno de nos inspirarmos nele".




Arquivo Famosidades

Cleo Pires: "Quem é baixinha deve evitar saias longas com barrados ou cortes, pois corta a silhueta em partes. Aqui, pra completar, tem um tie die bem em cima do barrado, mais o cinto marcando a cintura baixa. Ou seja, ela conseguiu dividir o corpo em quatro partes: cabeça, tronco, cintura baixa e barrado. Para as baixinhas, a melhor opção é uma saia de cintura alta com a blusa por dentro e o cinto na cintura alta. Aí sim alongaria. Nada de fashion nesse look".




Arquivo Famosidades

Drew Barrymore: "Aqui temos um ótimo exemplo de uma produção mais formal que tinha tudo para dar certo, mas algo deu errado no meio do caminho. A sandália e a carteira pretas pesaram demais na saia, que é azul marinho. O laço da carteira também não conversa com a produção, que de romântica não tem nada. A saia de cintura alta é linda, mas para alongar a silhueta o melhor seria não mostrar os pés. O ideal seria uma sapatilha ou então que a saia fosse mais comprida e a sandália não aparecesse, porque assim achatou e engordou. Maxi colar, tipo gola, é outra tendência forte que veio para ficar. Afinal, está presente nas revistas e em seriados como 'Gossip Girl'. E não é para menos, pois é elegante e levanta o look e deixa mais contemporâneo. Impressionante como a Drew fica bem com todas as cores de cabelo, esse tom de ruivo é lindo".




Arquivo Famosidades

Giovanna Ewbank: "Sra. Gagliasso acelerou ao compor essa produção. Não que esteja ruim, a saia e o top estão lindos juntos, mas tirando isso, o resto poderíamos mudar tudo. Raciocinem comigo: o colar de madrepérola não conversa com a bolsa de correntes. O sapato, além de pesado, está aparecendo. Por isso, temos mais uma saia que está curta. Guardem isso: não tem nada pior que barra de vestido ou de saia com cara de que faltou tecido e esse é o caso aqui, já que o sapato não deve aparecer nunca em comprimentos longos. Aliás, é melhor que arraste. Para ficar bom, tinha que ter mais um palmo de tecido, no mínimo, ou que ela estivesse de sapatilha, porque aí sim conversaria com a bolsa. Tops que aparecem a barriga estão super em alta. Mas se você não é magérrima, evite porque looks de barriga de fora são bem duvidosos".




Arquivo Famosidades

Grazi Massafera: "Produção simples e que sempre funciona! Esse tom da saia é o azul klein e está super em alta. Anotem a dica! Aqui, a atriz optou por uma camisetinha básica preta junto com a saia azul. Mas uma blusa colorida, verde, pink ou laranja também ficariam bacanas e teríamos uma produção color blocking. Quem é alta pode abusar das saias longas, tanto de cintura alta quanto baixa. Para dar um charme, temos um cintinho fino marcando bem a cinturinha. Além de ser um acessório que está em alta. Já essa correntinha empobreceu a produção. Nada no colo, brincos e relógio, fechariam o look perfeitamente".




Arquivo Famosidades

Kate Bosworth: "Arrasou. E esse é o melhor look até agora! Como de costume, Kate mandou muito bem numa produção super romântica e elegante. Plissados voltaram com tudo desde 'Sex and The City 2' e não devem sair de cena tão cedo! A saia de musseline plissada criou um contraste maravilhoso com a regata cinza bordada, dando o efeito de poás. A bolsa, além de magnífica, fecha a produção perfeitamente, dando ainda mais glamour. Linda de viver".




Arquivo Famosidades

Mary Kate Oslen: "Saia longa preta é uma peça chave porque funciona bem com tudo e combinar preto com branco é óbvio e nunca sai de moda. O colar de crucifixo comprido e a camiseta gola 'V' tiram a obviedade do look. Reparem como a saia de cintura alta arrastando no chão e, sem mostrar o sapato, dá uma alongada nela, que é bem baixinha. Os vários anéis, a pulseira e a bolsa pesaram um pouco a produção e por isso, seriam desnecessários. Adoro esses penteados presos meio que soltos, com cara de quem acordou e prendeu de qualquer jeito".




Arquivo Famosidades

Sabrina Sato: "Mais uma saia preta, desta vez com um tomara que caia off white. Bacana, mas bem óbvio! Essa fenda gigantesca não é para aparecer tanto assim. Na verdade, ela deve aparecer somente ao caminhar. Mas Sabrina fez uma pose para mostrar a fenda e o sapato, que por ser colorido, deu uma modernizada no visual. Mesmo assim, eu apostaria num cintinho dourado para dar mais charme para a produção, que continua óbvia".




Arquivo Famosidades

Thaila Ayala: "Que horror! Só a regata, a saia de onça, o cinto marrom e uma rasteirinha já estariam de bom tamanho, mas como sempre dá para piorar. Ainda temos botas de cowboy e head band. Bota clara e de bico fino é brega, bem como essas tiras na testa. Parem de usar porque ninguém mais aguenta ver. Cintos amarrados com nó continuam na moda".




Arquivo Famosidades


Carolina Ferraz: "Que decepção! Carolina Ferraz, justo você que está sempre tão bem vestida aparece com uma saia de onça em tafetá com pregas? Como assim? Fora esse cabelo chapado e sem corte mais esses braceletes que pesaram ainda mais o visual. Não dá nem pra continuar porque essa saia não combina com nada. Para não dizer que nada se aproveita, essa camisa branca com o cinto marrom ficariam lindos com uma saia longa azul jeans, daqueles fininhos. Aí sim uma bota cowboy marrom conversaria com o cinto e teríamos um look lindo digno da Carolina Ferraz que estamos acostumados a ver".


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Dicas de Juventude






A editora de moda americana Charla Krupp ensina como as mulheres com mais de 40 anos podem parecer ser mais jovens.
Para ela, a vaidade é uma necessidade para a Mulher se manter no mercado de trabalho. 
A pedido de revista ÉPOCA, ela selecionou alguns dos conselhos de seu livro para ajudar as leitoras a se parecem cinco quilos mais magras, 10 anos mais novas e 10 vezes melhores.

BATOM - "Abandone o vermelho", aconselha Charla.
Após os 40 anos, as maquiagens devem ser claras.
Batons escuros envelhecem o rosto e deixam a expressão triste.
"Podem deixá-la igual à Cruela Cruel", diz.
Cores carregadas, além de causar a impressão de afinamento dos lábios, deixam as rachaduras mais evidentes.
Utilize o rosa e outros tons claros, que dão um ar jovem e tornam os lábios mais grossos. 
Você também deve ter à mão sempre um brilho, porque eles iluminam o rosto.
Outra dica é não contornar a boca toda com lápis escuro.
Use-o apenas em lugares que precisam ser realçados. 

CABELO - Cuidar do cabelo é a primeira atitude para quem quer parecer mais jovem.
"Se você tiver dinheiro para melhorar apenas uma coisa, que sejam os cabelos", diz.
O primeiro passo é adotar franjas. (Você já ouviu alguém dizer: - Que testa linda você tem!)
Elas emolduram o rosto e dão um ar delicado à expressão.
Como os cabelos ficam mais finos à medida que as pessoas envelhecem, o ideal é fazer cortes e usar produtos que deem volume aos cabelos.
No pior das hipóteses, pode-se consultar o dermatologista para saber se precisa de algum tratamento contra a calvície.
Resolvido o problema do corte e do volume, pinte-os, se forem grisalhos, ou clareie as madeixas, 
se forem muito escuras. "Um dos truques para se parecer mais jovem é usar tons claros, e no 

cabelo isso é mais que comprovado".
Abuse do castanho, faça luzes. "Cabelos pintados são como maquiagem que você nunca tira", ensina a especialista. 

UNHAS - Para quem tem mais de 40 anos a recomendação é ter as unhas das mãos curtas e em tons claros.
Charla acredita que cores escuras envelhecem as mulheres.
" Para as meninas, cores escuras são bonitas, mas se você não é mais uma, use um bege ou um tom de rosa muito claro". Já unhas compridas compõem um visual antigo. 
Além do trabalho que dá mantê-las limpas e pintadas, unhas compridas são um indicativo de que suas donas não trabalham muito.
"Não combinam com o dinamismo da mulher moderna, que trabalha, mexe com computadores, cuida dos filhos e tem suas atividades domésticas".
Para as unhas dos pés, siga as tendências: cores escuras são liberadas. 

ÓCULOS - É uma das mudanças mais simples de fazer, e tem resultados excelentes.
Como os óculos são a primeira coisa a ser notada no rosto eles realmente têm o poder de indicar o quão velha você quer aparecer.
Uma armação retangular em plástico ou casco de tartaruga é muito moderna.
As hastes também devem ser grossas.
Armações clássicas não mostram estilo, explica Charla, apenas denunciam sua idade. 

SAPATOS - O salto alto é indispensável.
Ele faz você parecer mais alta, além de deixar sua postura mais ereta.
Mais que isso, eles são sexy.
Os saltos não precisam ser necessariamente agulha.
O conselho é se condicionar a usá-los nos contextos essenciais.
"Nem que seja para calçá-los na entrada do restaurante e tirá-los logo na saída.
Não existe nada mais velho que sapatinhos feios, mas confortáveis". 

PELE - Uma pele bonita é fundamental para parecer mais jovem.
Um bom sabonete esfoliante não é necessariamente caro e é um dos cuidados fundamentais para o rejuvenescimento.
Charla recomenda esfoliar a pele, especialmente a do rosto, de uma a duas vezes por semana. Para encobrir as imperfeições, o segredo é usar pouca base, justamente o oposto do que as mulheres geralmente fazem.
À medida que envelhecem, as mulheres tendem a usar mais maquiagem. 
"O segredo é passar pouco, até obter um brilho suave". 
Se a pele é boa, um leve toque é suficiente.
"O excesso de base é uma prova evidente de que o rosto tem muitos sinais a esconder".

PARA PARECER MAIS MAGRA - O truque para aparentar cinco quilos a menos é acertar na roupa íntima.
Charla se diz uma entusiasta de bermudas e tops modeladores, que são peças usadas por
baixo da roupa e que deixam o corpo mais magro e firme.
"São ótimos para levantar os seios, comprimir a barriga e arrebitar o bumbum", diz. Além disso, não marcam a roupa.
Um ponto em que ela se diz fã das brasileiras é em relação às calcinhas.
"Gosto de calcinhas pequenas, tanguinhas.
Além do efeito estético, elas têm um poder psicológico poderoso", diz.
"Ninguém se sente sexy com calcinhas de vovós.
Sua capacidade de se sentir sexy está extremamente ligada à sua confiança, em todos os aspectos". 

PARA LEVANTAR OS SEIOS - Charla estima que 80% das mulheres usam o sutiã errado.
Ela ensina uma técnica para achar o sutiã ideal.
Deve-se dobrar os cotovelos formando um ângulo de 90º.
A melhor posição é colocar o sutiã no meio do caminho entre a ponta do cotovelo e o ombro.
A especialista diz que não existe um modelo ideal porque cada mulher tem suas medidas, mas se ela conseguir ajustar o sutiã neste ponto, os seios ficarão turbinados e a silhueta, mais fina. 

MOSTRE AS PERNAS - A exposição das pernas na medida certa passa uma impressão jovem.
Charla é taxativa: jogue fora as meia-calças no tom da pele.
Elas dão um tom artificial e antigo às pernas.
Se não puder deixá-las de fora, invista nas meias arrastão e nas meias opacas, que chamam menos atenção.

GUARDA-ROUPA - Charla não perdoa. Se você tem um terninho de grife e acha que vai arrasar de elegante com ele, ela joga um banho de água fria nas suas expectativas.
Para a especialista, esse look tradicional envelhece até as mais enxutas.
Ela não recomenda nenhuma roupa que combine todas suas peças.
Esqueça os tailleurs. Nada de tom sobre tom.
Moderno e elegante, na sua visão, é abusar dos contrastes.
Uma dica são os vestidos com jaquetinhas para completar o visual.
Charla não prega que as mulheres sejam magérrimas.
"Aceite seu físico, mas tente lidar com os excessos".
Use roupas que modelem seu corpo e não que o façam parecer maior do que é.
Roupas muito justas deixam imperfeições muito aparentes, mas roupas largas farão você parecer maior. Uma boa dica é usar uma bata ajustada ao corpo com calças skinny (retas em relação à perna) por baixo. Outra sugestão é um vestido com corte em A, que dá um visual nem tão justo, nem tão largo.
Quando você for sair, use, no máximo, três peças brilhantes.
Não use um vestido brilhante, um colar brilhante, uma bolsa brilhante, brincos brilhantes.
Você pode usar um brinco, o vestido e o sapato, por exemplo.

CIRURGIA PLÁSTICA - "Não gosto de plásticas, elas envelhecem".
Se você quer parecer uma mulher de 60 anos, faça um lift no rosto", diz a especialista.
O risco são as operações mal feitas, cujo resultado pode ser uma pele rígida e esticada.
"Um rosto com plástica passa a ideia de que você é velha o suficiente para ter de recorrer a este tipo de cirurgia".
Charla agradece por viver em uma época em que os avanços cosméticos são capazes de reduzir as rugas em 48 horas.
"O botox é um grande amigo , se não for utilizado em exagero".
Existem também outros procedimentos, como a injeção de colágeno, ácido hialurônico e até mesmo gordura humana.
Apesar de se dizer fã desses recursos, Charla recomenda cautela na hora de procurar um médico.
"É preciso saber que esses procedimentos não impedem o envelhecimento, mas os resultados podem ser muito bons". 


*recebido por email
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...